Saúde & Cia – BLOGS MIX https://blogsmix.com.br Um pouco de tudo em um só lugar! Tue, 17 Oct 2017 12:39:37 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.9.1 Você sabia que uma barba tem a mesma quantidade de bactérias que um vaso sanitário – saiba como se proteger! https://blogsmix.com.br/cientistas-provam-que-uma-barba-tem-a-mesma-quantidade-de-bacterias-que-um-vaso-sanitario-saiba-como-se-proteger/ Mon, 04 Sep 2017 12:39:25 +0000 http://www.blogsmix.com.br/?p=2365 Vamos falar de um assunto que é intocável para muita gente: barba.

Sabemos que, em muitos casos, ela já faz parte da identidade do homem.

Houve um tempo em que a barba era sinal de respeito.

Mas aí ela ficou fora de moda…

Atualmente isso mudou e você já deve ter percebido que os barbudos estão outra vez na moda.

Hoje, porém, é apenas questão de estética.

Mas existe algo que vai desagradar a quem gosta de barba.

Segundo o microbiologista John Golobic, da Quest Diagnostics, no Novo México, os pelos que dão charme aos homens possuem tanta bactéria e matéria fecal quanto um vaso sanitário.

Chocante, não é?

O especialista estudou a barba de vários voluntários e descobriu que além das bactérias comuns, também havia a presença das mais perigosas, que causam até infecção intestinal.

Por isso, pessoas barbudas têm mais chances de desenvolver problemas na pele, como alergias e foliculite.

Manter a higiene da barba não é só questão de preservar apenas o dono dela, mas quem entra em contato com ele.

O beijo, por exemplo, ainda que seja apenas na bochecha, transmite muitas bactérias.

Se você não abre mão dos pelos faciais, o que é muito comum, recomendamos o uso de condicionador e um trato frequente.

Existem boas marcas de xampu.

Mas procure um o mais natural possível, que não possua parabenos em sua composição.

 

]]>
Começa com Bê e termina com Dito, como é meu nome? Raimundo https://blogsmix.com.br/comeca-com-be-e-termina-com-dito-como-e-meu-nome-raimundo/ Fri, 18 Aug 2017 13:46:19 +0000 http://www.blogsmix.com.br/?p=2061

Blogs Mix – Começa com Bê e termina com Dito, qual é o meu nom…

Visite o nosso blog: ❤ ❤ ❤ http://bit.ly/2u4pUWrComeça com Bê e termina com Dito… 😍😍😍Curta-Comente-Compartilhe: 👇 👇 👇👇 👇 👇👇 👇 👇👇 #BlogsMix – Artigo interessante: 👉 👉 👉 http://bit.ly/2fjqrBXCurta também os nossos parceiros 👇 👇 👇🚩 https://www.fb.com/vozinhasamadas🚩 https://www.fb.com/naodescodosalto🚩 https://www.fb.com/dicasdemaquiagem/🚩 https://www.fb.com/sosvagasdeempregos🚩 https://www.fb.com/tpmexplosiva

Posted by Tudo & Cia on Friday, August 18, 2017

Como aprender a viver com Alzheimer?

Este artigo é essencialmente dirigido aos familiares e profissionais que lidam e tratam diariamente doentes que padecem de Alzheimer, mas também a todos os que se interessam de certa forma por esta área das doenças degenerativas. Se considerarmos a família numa perspectiva sistémica (vista como um todo), neste contexto a doença de um elemento irá afetar o conjunto, ou seja o agregado familiar, pois estes vão contactar e conviver de perto com a patologia, alterando o funcionamento interno da família, como por exemplo as suas rotinas.

Como comunicar com o doente de Alzheimer?

É normal o doente não encontrar as palavras que precisa para se expressar ou não compreender os termos que ouve.

Como deve reagir:

  • Esteja próximo e olhe bem para o seu doente, directamente nos olhos, quando conversam;
  • Permaneça calmo e quieto. Fale clara e pausadamente;
  • Evite ruídos (rádio, televisão ou conversas próximas);
  • Se for possível, segure na mão do doente ou ponha a sua mão no ombro dele. Demonstre-lhe carinho e apoio.

Vaguear, deambular e andar sem rumo é um perigo. O que fazer para o minimizar?

Andar sem saber para onde e sem objectivo é característico dos doentes de Alzheimer, a partir de uma determinada fase.

Eis algumas sugestões para minimizar esse perigo:

  • O doente deve trazer sempre algo que o identifique, por exemplo, uma pulseira com o nome, morada e telefone;
  • Previna os vizinhos e comerciantes próximos do estado do doente. Estes podem ajudá-lo em qualquer momento caso se perca e peça informações;
  • Em casa, feche as portas de saída para a rua, para evitar que o doente vá para o exterior sem que dê por isso;
  • Tenha uma fotografia actualizada do doente, para o caso deste se perder e precisar de pedir informações;
  • Se o doente quiser sair de casa, não deve impedi-lo de o fazer. É preferível acompanhá-lo ou vigiá-lo à distância e, depois, distraí-lo e convencê-lo a voltar a casa;

Como ajudar a manter a higiene do doente?

É normal o doente deixar de reconhecer a necessidade e  a importância de tomar banho, de lavar os dentes, etc. Em suma, recusar cuidar da sua higiene pessoal e da sua higiene oral.

  • Se for possível, aguarde um pouco, pode ser que mude de disposição;
  • Simplifique a tarefa: tenha sempre em ordem as coisas que são necessárias, como sabonete, toalhas, etc.;
  • Se o banho é de imersão, verifique a temperatura da água;
  • Instale pegas e tapetes que evitem escorregar dentro e fora da banheira. Há bancos e cadeiras adaptáveis à banheira, assim como outros dispositivos de apoio e ajuda que podem ser muito úteis;
  • Se o doente preferir tomar duche, deixe-o. O melhor é procurar manter a rotina a que a pessoa estava habituada;
  • Se o doente recusar mesmo tomar banho, então tente a lavagem parcial;

Como ajudar o doente a vestir-se?

A certa altura o doente vai ficar embaraçado sobre o que vestir ou, eventualmente, recusar-se a vestir.

Para o ajudar:

  • Simplifique o mais possível a roupa a usar;
  • Evite laços, botões, fechos de correr (substitua-os por velcro), sapatos com atacadores, etc;
  • Prepare as peças de roupa pela ordem que devem ser vestidas;
  • Procure que a pessoa se conserve bem vestida e elogie o seu bom aspecto;
  • Enquanto o doente tiver autonomia, deixe-o actuar conforme ainda pode.

Como ajudar o doente a alimentar-se?

  • Sente o doente com o tronco bem direito e a cabeça firme;
  • Se necessário, ponha-lhe um grande guardanapo só para comer;
  • Dê-lhe tempo para comer tranquilamente e não o contrarie se ele quiser comer à mão;
  • Dê-lhe bocados pequenos de alimentos sólidos; por vezes, o doente poderá preferir alimentos passados ou batidos;
  • Faça-o mastigar bem e assegure-se de que a boca permanece fechada durante a mastigação e a deglutição;

Aos familiares e pessoas próximas que prestam cuidados aos pacientes com Alzheimer:

É extremamente difícil cuidar de um doente de Alzheimer. Tem de acompanhar o doente ao longo do tempo, viver um dia-a-dia que se torna progressivamente mais difícil e experimentar sentimentos diversos, muitos deles negativos.

É normal que sinta tristeza pela sensação de que gradualmente vai perdendo alguém que lhe é muito querido.

Sentirá também frustração, pois tem a consciência de que todos os seus cuidados, atenção e carinho não impedem a progressão da doença.

Vai sentir culpa, pela falta de paciência que por vezes tem, pelo sentimento de revolta em relação ao próprio doente, pela situação que vive e por poder admitir a hipótese de procurar um lar.

Poderá também sentir solidão, pelo afastamento gradual da família e dos amigos, pela impossibilidade de deixar o doente, pela falta de convívio.

Todos esses sentimentos negativos não significam que não seja um bom prestador de cuidados e de apoio, mas são apenas reacções humanas.

Em Portugal existe a Associação Portuguesa de Familiares e Amigos de Doentes de Alzheimer que apoia e esclarece dúvidas adicionais relacionadas com esta doença.

]]>
Janaúba – A planta milagrosa que cura câncer. https://blogsmix.com.br/janauba-a-planta-milagrosa-que-cura-cancer/ Sun, 06 Aug 2017 15:19:47 +0000 http://www.blogsmix.com.br/?p=1880 A Janaúba é uma planta medicinal da família Appcynacea, seu nome científico é Himathantus drasticus. É uma planta nativa do Brasil e pode ser encontrada especificamente no estado da Bahia. Ela é conhecida pelos nomes populares de janaguba, tiborna, jasmim-manga, pau santo e raivosa. Suas folhas são da cor verde e elas têm como características serem largas. Suas propriedades medicinais ajudam a curar furúnculos e possui ações cicatrizantes.

Propriedades

Essa erva medicinal estimula o sistema digestivo, é anti-inflamatória, analgésica, vermífuga, e estimula o sistema imunológico e digestivo.

Imagem relacionada

Benefícios

A janaúba é uma planta que tem como principal beneficio combater os germes, por isso ela é uma aliada poderosa contra os furúnculos, vermes intestinais e herpes. Também ajuda no combate a úlcera gástrica, gastrite e luxações. Apesar de não estar cientificamente comprovado, há boatos de que essa planta serve para o tratamento de AIDS e câncer de pulmão.

É uma planta indicada também para quem sofre de muitos casos de febre, ela ajuda a abaixar e fortalece o sistema imunológico. Quem sofre com a famosa prisão de ventre pode certamente contar com essa planta para soltar o intestino. Tomando algumas gotas por dia é o ideal para seu organismo funcionar de forma saudável.

Quando ralamos a pele de forma muito agressiva é normal que demore a cicatrizar e a chance de ficarem marcas é grande. O leite de janaúba tem propriedades cicatrizantes ideais para situações como essa, se a pele apresentar um pouco inflamada, também não tem problema, ela traz consigo benefícios anti-inflamatórios e ajuda a limpar a pele.

Contraindicações

Não foram encontrados indícios de contra indicações. Porém é importante ressaltar que não devem ser tomadas mais de 36 gotas por dia, porque corre o risco de prejudicar os rins. Antes de começar a tomar por conta própria um médico deverá ser consultado.

Como fazer leite de janaúba

Diferentemente das outras plantas, não é possível fazer chá com a janaúba, a parte utilizada é o látex extraído do tronco. Essa substância diluída em água resulta em leite. Pode ser usado via oral ou com compressas.

Dilua o látex obtido em água. Então use 18 gotas de leite para um litro de água fria. Para quem está em tratamento, recomenda-se tomar duas colheres de sopa após as refeições diárias.

Artigo relacionado: Descobrir maneiras de prevenir o câncer…

]]>
Eu já nasci foi bonita https://blogsmix.com.br/eu-ja-nasci-foi-bonita/ Sun, 30 Jul 2017 00:38:58 +0000 http://www.blogsmix.com.br/?p=1866

Blogs Mix – Eu já nasci foi bonita! 😍😍😍

Visite o nosso blog: ❤ ❤ ❤ http://bit.ly/2gXiN0uEu já nasci foi bonita! 😍😍😍Curta-Comente-Compartilhe: 👇 👇 👇👇 👇 👇👇 👇 👇👇 #BlogsMix – Artigo interessante: 👉 👉 👉 http://bit.ly/2uyHio9Curta também os nossos parceiros 👇 👇 👇🚩 https://www.fb.com/vozinhasamadas🚩 https://www.fb.com/naodescodosalto🚩 https://www.fb.com/dicasdemaquiagem/🚩 https://www.fb.com/sosvagasdeempregos🚩 https://www.fb.com/risadacomcafe

Posted by Tudo & Cia on Thursday, July 27, 2017

16 truques caseiros para ficar mais bonita

Pele do rosto

1. Para hidratar-se e proteger-se, beba água no decorrer o dia e chá verde no lanche da tarde. “Os polifenóis (elementos antioxidantes) do chá-verde são fotoprotetores. Daí prevenirem o fotoenvelhecimento”, conta a autora do livro A Dieta da Beleza, Lisa Drayer.

2. Quer um bom motivo para comer chocolate todo dia? Ele protege contra agressões do sol! Segundo Lisa, estudo publicado no jornal The Journal of Nutrition revelou que os flavonoides (nutrientes) presentes no cacau são capazes de reduzir a vermelhidão/irritação resultantes da exposição ao sol. Assim, garantem uma pele hidratada, lisa e com menos descamação! Mas atenção: o benefício só vale para chocolate meio amargo, ou seja, com 60% de cacau – que é a principal fonte de flavonoides.

3. Que tal acabar com os verdadeiros culpados da acne? Há uma crença de que chocolate e fritura provocam acne, mas o real vilão é o açúcar! A explicação: Fuja dos açúcar e dos carboidratos refinados (pães brancos, bolos, biscoitos…). Eles aumentam a oleosidade da pele, entupindo e infeccionando os poros (= espinhas!). Também evite alimentos que eventualmente causem alergias/inflamações. Como prevenir? Fácil: consuma 8 mg de zinco por dia. Para você ter uma ideia: 1 xícara de leite tem 1,8 mg; 85 g de carne bovina tem 4,8 mg; 1/2 xícara de feijão cozido tem 4,8 mg.

Olhos

4. Você sabia que pode manter o brilho dos olhos ao comer certos tipos de alimentos? Pimentão, laranja, morango, limão e brócolis são fontes de vitamina C. Quando consumidos frescos, levam antioxidantes ao organismo, nutrindo os olhos. Os ácidos graxos ômega 3 da sardinha e do espinafre também realçam a íris e cia.!

Dentes

5. Evite doces e comidas grudentas no decorrer do dia se quiser uma boca saudável! O amido se prende entre os dentes e fica alimentando as bactérias, que os deterioram.

6. Se comer algo e não puder escovar os dentes, há alimentos que podem ajudar na limpeza da boca: a maçã, que aumenta a saliva – “melhor defesa natural contra cárie”, diz Lisa – e a cenoura, que, por ser crocante, elimina resíduos de outros alimentos.

7. Beba água! A boca seca impede a neutralização dos ácidos e a eliminação de resíduos de alimentos que ficaram por lá. Cuide, portanto, que sempre haja um pouco de saliva na sua boca – para isso, vale beber água com frequência ou mastigar chiclete sem açúcar.

Unhas

8. Para manter as unhas bem cuidadas, use um hidratante de mãos sempre que lavá-las. Crie esse hábito principalmente se estiver sem esmalte. Assim, “impermeabiliza” as garras. Passe loção na mão toda e massageie as cutículas com hidratante para que a circulação chegue à matriz da unha.

9. Caso a ponta quebre ou lasque, lixe a unha imediatamente – e sempre na mesma direção!

10. Se quiser ficar uns dias sem esmalte, prefira deixar as unhas curtas. Assim, a chance de alguma delas quebrar é menor.

11. Aposte na ingestão de zinco! A falta desse mineral pode causar alterações, como manchas brancas e linhas Para consumir zinco, procure comer carne bovina, ovo, grãos integrais e sementes oleaginosas, como amêndoas.

Cabelos

12. Para evitar que os fios quebrem à toa, inclua betacaroteno em sua dieta: é um nutriente que age diretamente no couro cabeludo! E também coma fontes de vitamina B (banana, queijo, atum e verduras), capazes de evitar que os fios fiquem quebradiços.

13. Garanta madeixas maravilhas com a ingestão de proteínas (iogurte, nozes, peixe, frango, carne bovina e ovos). Senão, seus fios podem ficar fracos, opacos e finos – e até mesmo com a cor alterada!

14. Você sabia que dá para atrasar a chegada dos fios brancos? “É que alguns problemas aceleram o branqueamento do cabelo. Ao revertê-los, você ajuda a manter a cor natural por mais tempo”, revela Lisa.
Veja o que fazer:
● Trate possíveis distúrbios na tireoide;
● Cuide de problemas digestivos capazes de impedir a absorção de nutrientes importantes para a saúde dos fios;
● Evite sempre deixar-se afetar pelo estresse!

15. Mude certos cuidados diários com os fios e eles ficarão saudáveis, cheios de brilho e movimento:
Aplique o xampu com água morna para abrir os poros do couro cabeludo. Mas enxágue com água fria: ela fecha a cutícula dos fios, deixando-os com brilho.
● Não exagere no xampu (duas vezes bastam), pois ele pode retirar os minerais e a oleosidade natural do cabelo.
● Sempre que puder, ande com o cabelo solto. “Cada vez que prender o cabelo para trás, a pressão quebra as hastes capilares, causando aparência arrepiada!”, conta a autora.

16. Procure condicionadores com colágeno ou proteínas vegetais, os mais eficientes para melhorar o aspecto dos cabelos.

 

]]>
Uma linda história de amor de um neto e uma avó com Alzheimer https://blogsmix.com.br/conheca-a-linda-historia-de-amor-vivida-por-um-neto-e-uma-avo-diagnosticada-com-alzheimer/ https://blogsmix.com.br/conheca-a-linda-historia-de-amor-vivida-por-um-neto-e-uma-avo-diagnosticada-com-alzheimer/#comments Fri, 28 Jul 2017 10:49:52 +0000 http://www.blogsmix.com.br/?p=1853

Blogs Mix – Amor inexplicável! 😍😍😍

❤❤❤ Amor inexplicável! 😍😍😍 COMPARTILHE ESSE VÍDEO!😍😍😍 Nos ajudem a chegar a 1 milhão de seguidores nessa página!Convide os seus amigos para curtirem. 👉👉 Tudo & Cia Em breve teremos muita coisa super bacana para todos nós, e um lindo projeto para ajudar muita gente necessitada de uma mão amiga. Iremos mostrar aqui muita coisa boa que faremos por algumas pessoas espalhadas pelo Brasil.

Posted by Tudo & Cia on Thursday, July 27, 2017

Benedito Aarão, 29 anos, e Adelina de Sousa Sales, 84, comovem corações de milhares de brasileiros diariamente. Moradores da cidade de Águas Claras, no Distrito Federal, todos os dias eles mostram para diversos internautas o cotidiano de duas pessoas que, apesar das dificuldades, encontram motivos para sorrir. Benedito e a avó, diagnosticada com Alzheimer há nove anos, vivem juntos uma “novelinha” no Youtube e no Facebook, onde o jovem mostra aos telespectadores como é a convivência com a doença.

A ideia dos vídeos surgiu pouco depois que a família descobriu a doença. O rapaz abriu mão do emprego e de outras oportunidades para cuidar da avó. Inicialmente, a intenção das publicações era mostrar para os amigos de escola e do serviço, o quanto a vózinha era legal e divertida.

“Todos os meus amigos já se apaixonaram por ela logo depois do primeiro vídeo. Em determinado dia, meu Facebook amanheceu com sete mil seguidores e isso foi só aumentando”, conta Benedito. “Eram vários relatos de pessoas que eu nem conhecia dizendo que amavam a vozinha. Gente com depressão, pessoas que perderam um ente querido. Não esperava por isso e nem imaginava que poderia ajudar outras pessoas em situações difíceis”, complementa. Atualmente, o canal tem mais de 500 mil seguidores no Facebook, quase 100 mil inscritos no Youtube e 200 mil na Fanpage.

Convivência 

Ao falar da infância com a dona Adelina, o youtuber diz que foi um neto muito paparicado, tinha tudo nas mãos e amor acima de tudo. “A preocupação era demais comigo. Era comida no prato e ela não podia me ver descalço. Sempre tivemos um contato muito de perto e agora estamos mais próximos ainda”, emociona-se.

Com o tempo, a família percebeu que a idosa apresentava falhas na memória. Frequentemente ela esquecia os nomes dos filhos, o caminho de volta pra casa ou onde havia colocada a bolsa. Com o tempo, isso passou a preocupar os familiares.”O estranho é que ela não se esquece de coisas do passado, mas somente as do cotidiano”, relata o neto. “Ela se lembra de coisas que aconteceram há muito tempo, mas se perguntar se ela já tomou banho hoje ou se comeu, ela não se lembra”, reforça.

Benedito pontua que o amor tem sido essencial para conviver com a avó. “Tenho uma ligação muito forte com ela, gosto de estar no mundinho dela e com isso venho aprendendo muita coisa, vou carregar para a vida toda”, garante.

A doença

O chefe do Centro de Medicina do Idoso (CMI), doutor Marco Polo, explica que o Alzheimer é um tipo de demência específica neurodegenerativa, cujas causas diretas e imediatas ainda não foram identificadas. Segundo ele, a doença tem a ver com a hipertensão não tratada na meia-idade, diabetes, tabagismo, sedentarismo e colesterol elevado. Dois fatores socioambientais relacionados ao Alzheimer podem também ser o baixo nível de escolaridade e depressão não tratada na juventude.

De acordo com o médico, a evolução da doença pode ocorrer em casos de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e infartos silenciosos. Ele ainda alerta que os primeiros sinais ocorrem quando a pessoa apresenta lapsos de memória em situações cotidianas.

“O problema começa quando a pessoa deixa de fazer coisas que fazia antes sem perceber. Diante disso, é necessário ficar em alerta, pois o indivíduo pode também começar a diminuir as atividades mais elaboradas do cotidiano. Problemas de locomoção, perda de capacidades aprendidas e dificuldade em lidar com o próprio dinheiro são sinais para ficar em alerta”, orienta.

Marco Polo revela que ainda não há atividades para retardar ou evitar o agravamento da doença. “A família deve se apropriar de conhecimentos adequados e buscar orientação de uma equipe médica sobre o Alzheimer”, diz o especialista.

“Nosso diagnóstico também é para a família, um suporte para o paciente. Os familiares precisam aprender a lidar com a doença. Quando a participação e empenho são feitos, tudo fica mais fácil de lidar. Costumo dizer que se você não pode curar, é necessário, antes de tudo, ter atenção, amor e carinho. O resultado será muito mais gratificante para todos” conclui.

Ícaro Andrade
icaro.andrade@jornaldebrasilia.com.br

 

]]>
https://blogsmix.com.br/conheca-a-linda-historia-de-amor-vivida-por-um-neto-e-uma-avo-diagnosticada-com-alzheimer/feed/ 2
Vozinha e a castanha de 1 milhão. https://blogsmix.com.br/vozinha-e-a-castanha-de-1-milhao/ https://blogsmix.com.br/vozinha-e-a-castanha-de-1-milhao/#respond Wed, 26 Jul 2017 12:41:10 +0000 http://www.blogsmix.com.br/?p=1846

Blogs Mix – Vozinha e a castanha de 1 milhão! 😍😍😍

Visite o nosso blog: www.blogsmix.com.brVozinha e a castanha de 1 milhão! 😍😍😍#BlogsMix #Compartilhe Curta a nossa página:❤❤❤ https://www.fb.com/blogsmix Curta também os nossos parceiros:🚩 https://www.fb.com/naodescodosalto🚩 https://www.fb.com/dicasdemaquiagem/🚩 https://www.fb.com/sosvagasdeempregos🚩 https://www.fb.com/tpmexplosiva

Posted by Tudo & Cia on Sunday, July 2, 2017

7 Benefícios da Castanha do Pará – Para Que Serve e Propriedades

Castanhas do Pará também conhecidas em outros países como castanhas do Brasil, são as sementes da castanheira do Pará (Bertholettia excelsa, família Lecythidaceae), uma árvore típica da floresta Amazônica, que pode alcançar até 60 metros de atura. Além de saborosa, a castanha do Pará é um alimento que proporciona muitos benefícios para a saúde. O texto a seguir mostra os benefícios da castanha do Pará para a nossa saúde, para que serve, e propriedades nutricionais.

Para que serve a castanha do Pará?

A castanha do Pará serve como alimento, “remédio” e matéria-prima para a indústria. As sementes podem ser consumidas in natura, torradas ou usadas como ingrediente de pratos doces e salgados.

Muito nutritiva, a castanha do Pará proporciona diversos benefícios para a saúde humana, atuando na prevenção e no tratamento de algumas doenças.

Propriedades da Castanha do Pará

100 g de castanhas do Pará fornecem 656 calorias. As sementes têm um elevado teor de gorduras (66g), mas boa parte deste conteúdo lipídico traz benefícios para o organismo (38% de gordura monoinsaturada, 32% de poli-insaturada e 23% do tipo saturada). Com relação aos teores de carboidratos e proteínas, em 100g encontramos 12 e 14g, respectivamente.

A castanha do Pará é a principal fonte alimentar de selênio, 100 g das mesmas possuem 1917 µg desse mineral, o que representa 3485% das nossas necessidades diárias.

As sementes ainda contêm quantidades significativas de magnésio (106%), fósforo (104%), manganês (58%), vitaminas do complexo B (especialmente a tiamina, 54%), zinco (43%), vitamina E (38%) e fibras (30%). Estas porcentagens também têm como base 100g de castanhas e uma correlação com as recomendações diárias para um indivíduo adulto. Elas contêm ainda, cálcio, potássio e ferro. Considerando as propriedades mencionadas vejamos quais são os benefícios da castanha-do-pará para a saúde.

Benefícios da castanha do Pará

Veremos a seguir como as propriedades da castanha do pará impactam a saúde e boa forma:

1) A castanha do Pará ajuda a proteger o coração

Apesar de ser muito gordurosa, e apresentar uma parcela significativa de gorduras do tipo saturada (22% da composição de gorduras), a castanha do Pará possui ácidos graxos (oleico e palmitoleico) que ajudam a aumentar os níveis de colesterol HDL e a diminuir os de colesterol LDL. O colesterol do tipo HLD ajuda a evitar doenças cardíacas, já o excesso de LDL está muito associado à ocorrência de aterosclerose, processo inflamatório nas artérias que pode provocar infartos. Um estudo feito com jovens obesos constatou que a ingestão diária de 15 a 25 g de castanha do Pará diminui os níveis de colesterol total e LDL.

A castanha do Pará também possui um considerável teor do aminoácido arginina (100 g de sementes têm 2,148 g), que nosso corpo utiliza para a síntese do gás óxido nítrico, um potente vasodilatador, ajudando no tratamento da hipertensão.

2) A castanha do Pará ajuda a combater o câncer

Os benefícios da castanha do Pará contra o câncer são decorrentes, sobretudo, dos efeitos do selênio em nosso organismo.

Existe uma enzima do sistema de defesa antioxidante do nosso organismo chamada glutationa peroxidase, que precisa do selênio para desempenhar suas funções. Quando em excesso, os agentes oxidantes podem induzir mutações que promovem o surgimento de células cancerígenas.

Além dessa ação preventiva, o selênio também parece ser eficaz no tratamento de alguns tumores. Um estudo, publicado na revista Cell Biology and Toxicoly, mostrou que o mineral estimulou o processo de apoptose, ou morte celular programada, em células de câncer do colo do útero. Outra pesquisa publicada na Cancer Research, também revelou que o selênio ajudou a reduzir a proliferação de células cancerígenas da próstata.

3) A castanha do Pará ajuda a emagrecer

A incorporação de castanhas do Pará na dieta ajuda no processo de emagrecimento. Pode parecer contraditório, mas não é só o seu conteúdo de fibras e proteínas que promovem uma sensação de saciedade: as próprias gorduras insaturadas da semente também proporcionam este efeito, o que fará você consumir uma menor quantidade de alimentos.

O selênio das castanhas também protege a glândula tireoide e previne o hipotireoidismo, um desequilíbrio hormonal que leva ao ganho de peso. A enzima deiodinase, que atua na transformação de tiroxina (T4) em triiodotironina (T3), isto é, participa da síntese do hormônio ativo, é dependente de selênio. O T3 acelera o metabolismo como um todo, evitando também o sobrepeso.

Veja também: Castanha do Pará Engorda ou Emagrece?

4) A castanha do Pará promove o crescimento muscular

Para o crescimento e reparação do tecido muscular é fundamental a ingestão de alimentos que sejam fontes de proteínas. Levando-se em conta a quantidade diária de proteínas recomendada para um homem adulto (56 g), as sementes já ajudam a cumprir uma boa parte dessa meta (um copo de castanhas do Pará fornece cerca de 19 g de proteínas).

As gorduras e o selênio das castanhas também são importantes para a síntese da testosterona, hormônio que promove o aumento da massa muscular.

5) A castanha do Pará é boa para os ossos

Os benefícios da castanha do Pará também refletem na saúde dos ossos. Os minerais magnésio e fósforo, encontrados em quantidades significativas nessas sementes, são importantes para o processo de construção óssea. O magnésio, por exemplo, é imprescindível para a fixação de cálcio nos ossos, bem como nos dentes.

6) A castanha do Pará ajuda a preservar o cérebro

Uma pesquisa feita pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP demonstrou que a ingestão diária de castanha do Pará ajuda a preservar o cérebro de danos oxidativos relacionados com a idade.

No estudo, homens e mulheres idosos, 20 no total, que apresentavam deficiência de selênio e comprometimento cognitivo leve (CCL), foram divididos em 2 grupos: dos que comeram uma castanha diariamente e daqueles que não fizeram o consumo da mesma.

Todos os participantes foram submetidos a uma análise neuropsicológica, antes e ao final do estudo. Após um período de 6 meses, os voluntários que consumiram as sementes, não apresentaram mais deficiência do mineral e também tiveram uma melhora da função cognitiva.

A pesquisadora Bárbara Cardoso esclareceu que existe uma relação entre a quantidade de selênio no organismo e o estresse oxidativo, para os casos de CCL, uma condição que antecipa, por exemplo, a ocorrência do mal de Alzheimer. Ela relata que conforme envelhecemos, os neurônios passam a produzir mais radicais livres durante a síntese de energia e que nossas defesas antioxidantes também vão se tornando ineficientes.

7) A castanha do Pará é uma aliada do sistema digestório

Os benefícios da castanha do Pará para o sistema Digestório incluem um aperfeiçoamento da sua funcionalidade, facilita o peristaltismo que é a movimentação para empurrar os alimentos, e melhora de absorção de nutrientes, além de um efeito preventivo contra a constipação intestinal e até mesmo o câncer de cólon. As fibras da semente são as responsáveis por tais atividades.

]]>
https://blogsmix.com.br/vozinha-e-a-castanha-de-1-milhao/feed/ 0
800 Lapadas de cipó https://blogsmix.com.br/800-lapadas-de-cipo/ https://blogsmix.com.br/800-lapadas-de-cipo/#respond Tue, 25 Jul 2017 13:00:22 +0000 http://www.blogsmix.com.br/?p=1834

Blogs Mix – 800 lapadas de cipó.😍😍😍

Visite o nosso blog: ❤ ❤ ❤ http://bit.ly/2gXiN0u800 lapadas de cipó.😍😍😍Curta-Comente-Compartilhe: 👇 👇 👇👇 👇 👇👇 👇 👇👇 #BlogsMix – Artigo interessante: 👉 👉 👉 http://bit.ly/2vI23gfCurta também os nossos parceiros 👇 👇 👇🚩 https://www.fb.com/naodescodosalto🚩 https://www.fb.com/dicasdemaquiagem/🚩 https://www.fb.com/sosvagasdeempregos🚩 https://www.fb.com/tpmexplosiva

Posted by Tudo & Cia on Tuesday, July 25, 2017

Chá de Cipó Mil Homens – Benefícios e propriedades

A curiosidade é inevitável quando se ouve falar pela primeira vez da planta cipó mil homens. Não, ela não se assemelha a mil homens, mas suas propriedades medicinais a torna muito eficaz para tratar milhares de pessoas. Por esse motivo Carlos Chagas, um renomado sanitarista, a utilizou para tratar milhares de operários ferroviários que estavam contaminados com a malária, batizando a planta então de cipó dos mil homens. Como trepadeira, ela comumente enrosca-se em árvores para apoiar-se, e pode ser reconhecida por suas folhas herbáceas, com caule lenhoso e finos ramos. Dependendo da região pode ser popularmente conhecido como cassaú, buta, jarrinha, papo de peru, patinho, arostolóquia, entre muitos outros nomes.

Propriedades

As principais propriedades advindas do consumo do chá de cipó de mil homens são: antissépticas, diuréticas, sedativas, digestivas, estomacais, antifebrífugas e analgésicas.

Benefícios e indicações

O chá da planta cipó de mil homens é indicado para aliviar e tratar males como: convulsões; asma; distúrbios gastrintestinais; flatulências; febre; diarreia; picadas de cobras e insetos; epilepsia; pruridos; cólicas menstruais e renais; distúrbios cardíacos; vermes; azia e má digestão; depressão, insônia e ansiedade; distúrbios nos rins; sífilis; vírus fortes; gota; hidropisia; nevralgia, entre outros problemas.

É importante salientar que, além dos benefícios já citados, o consumo de seu chá auxilia no emagrecimento, pois suas propriedades diuréticas aumentam a quantidade de líquidos eliminados, evitando a retenção e reduzindo o inchaço, além de promover uma “limpeza” no organismo, já que pela urina são eliminadas também diversas bactérias e toxinas.

Contraindicações e efeitos colaterais

O consumo do chá da planta cipó de mil homens é totalmente contraindicado para mulheres em fase de gestação, pois possui propriedades abortivas. Pessoas que sofrem de pressão alta ou problemas no fígado também devem evitar seu consumo. Ainda, é uma planta altamente tóxica, ao ponto de que no passado era utilizada pelos índios para envenenar a ponta das flechas que atirariam contra seus inimigos. Assim, antes de iniciar qualquer tratamento busque orientação médica, exija acompanhamento e não consuma o chá de cipó de mil homens por mais de 30 dias.

Como preparar?

Você encontrará a planta triturada e seca em farmácias e lojas de produtos naturais, pronta para ser preparada. Não se arrisque a colher algo diretamente da natureza sem ter certeza de que é a planta que você realmente está pensando. Pois bem, leve ao fogo um litro de água com duas colheres de sopa da erva e deixe ferver por dez minutos. Após esse período, coe e beba o chá de cipó de mil homens duas vezes ao dia.

Artigo relacionado: Benefícios do Chá de Hibisco Para Dor Menstrual

]]>
https://blogsmix.com.br/800-lapadas-de-cipo/feed/ 0
Vozinha e Benedito – Cantando e Dançando. https://blogsmix.com.br/vozinha-e-benedito-cantando-e-dancando/ https://blogsmix.com.br/vozinha-e-benedito-cantando-e-dancando/#respond Tue, 25 Jul 2017 02:46:16 +0000 http://www.blogsmix.com.br/?p=1826

Blogs Mix – Vozinha e Benedito cantando e dançando.. 😍😍😍

Visite o nosso blog: www.blogsmix.com.brVozinha e Benedito cantando e dançando. 😍😍😍#BlogsMix #Compartilhe 👉👉👉 http://bit.ly/2uGxQ4tCurta a nossa página:❤❤❤ https://www.fb.com/blogsmix Curta também os nossos parceiros 👇👇👇🚩 https://www.fb.com/naodescodosalto🚩 https://www.fb.com/dicasdemaquiagem/🚩 https://www.fb.com/sosvagasdeempregos🚩 https://www.fb.com/tpmexplosiva

Posted by Tudo & Cia on Friday, July 21, 2017

Dançar, dançar, dançar…basta querer, é só começar! A dança é uma das expressões artísticas mais antigas. Na pré-história dançava-se pela vida, pela sobrevivência, o homem evoluiu e a dança obteve características sagradas, os gestos eram místicos e acompanhavam rituais. Na Grécia, a dança ajudava nas lutas e na conquista da perfeição do corpo, já na Idade Média se tornou profana, ressurgindo no Renascimento. A dança tem história e essa história acompanha a evolução das artes visuais, da música e do teatro.

Dança Primitiva
A A dança nasceu associada às práticas mágicas do homem, com o desenvolvimento da civilização, o rito separou-se da dança.
O homem dançava pela sobrevivência, dançava para a natureza em busca de mais alimentos, água e também em forma de agradecimento. A dança era quase um instinto e esses acontecimentos registrados nas paredes de cavernas em forma de desenhos, ficaram conhecidos como arte rupestre.
O homem primitivo pintava nas paredes das grutas, cavernas e galerias subterrâneas cenas de caça e rituais que representavam a caçada. Pareciam acreditar ser possível, pela representação pictórica, alcançar determinados objetivos, como abater um animal, por exemplo.

Danças Milenares
Egito: a dança no antigo Egito era ritualística e tinha características sagradas. Dançava-se para os Deuses, em casamentos e funerais.

Grécia: a dança originou-se de rituais religiosos, os gregos acreditavam no seu poder mágico, assim os vários deuses gregos eram cultuados de diferentes maneiras. As danças preparavam fisicamente os guerreiros e sempre eram feitas em grupos. A dança era muito difundida na Grécia Antiga, importante no teatro, a dança se manifestava por meio do coro.

Roma: a dança entra em decadência, pois nunca foi privilegiada e só vai recuperar sua importância no Renascimento.

Idade Média: nesse período, a dança, como todos os outros movimentos artísticos, sofreu um retrocesso. A dança, pelo fato de se utilizar do corpo como expressão, foi considerada profana, porém, continuou sendo praticada pelos camponeses.

Renascimento: a dança ressurge, é apreciada pela nobreza adquirindo um aspecto social e tornando-se mais complexa, passa a ter estudos específicos feitos por pessoas e grupos organizados sendo conhecida como balé. Até essa época a dança era algo improvisado, só a partir do Renascimento passa de atividade lúdica, de divertimento, para uma forma mais disciplinada, surgindo repertórios de movimentos estilizados. O uso do termo balé, na época balleto, significava um conjunto de ritmos e passos. A moda do balleto na Itália se espalhou também pela França durante o século XVI.
O século XVII é considerado o grande século do balé, saindo dos salões e transferindo-se para os palcos, provocando mudanças na maneira de se apresentar surgindo, assim, os espetáculos de dança.
A partir do século XVIII o drama-balé-pantomima é executado nos palcos dos teatros por verdadeiros profissionais de ambos os sexos. A dança adquire todo o seu esplendor, com ricos e belos cenários e figurinos. O balé passa a contar uma história com começo, meio e fim.

Romantismo: o termo Romantismo é absorvido pelo balé que, até aquela época, falava de histórias de fadas, bruxas e feiticeiras. Procurou recuperar a harmonia entre o homem e o mundo. É nessa época, século XVIII, que os bailarinos começam a usar sapatilhas, completando a revolução do balé.
Na segunda metade do século XIX uma mulher novamente iria revolucionar toda a dança, era Isadora Duncan, provocando uma imensa renovação com uma dança mais livre, mais solta, mais ligada à vida real.

Dança Moderna: a dança moderna é uma negação da formalidade do balé. Os bailarinos trabalham mais livres, porém não rompem completamente com a estrutura do balé clássico. Os movimentos corporais são muito mais explorados, existe um grande estudo das possibilidades motoras do corpo humano. Solos de improvisação são bastante frequentes.
Martha Grahan e Nijinski são os grandes revolucionários da dança dessa época. Serge Pavlovitch Diaglhilev, ou Nijinski, russo, mesmo não sendo um dançarino, criou condições míticas para a dança. Marta Grahan nos Estados Unidos na década de cinquenta criou uma nova maneira de dançar independente da música, baseando-se principalmente nos sentimentos que qualquer som pode provocar, abrindo espaço para todas as possibilidades da dança.

Dança Contemporânea
A arte contemporânea é complicada de se compreender. Por quê? É algo que não é previsível, é o novo, é a ruptura com aquilo que conhecemos como arte. Na dança, a contemporaneidade fica mais evidente, pois ela deixa de ter uma estrutura clara, preocupando-se mais com a transmissão de conceitos, ideias e sentimentos do que com a estética.
A dança contemporânea surgiu na década de 1960, como uma forma de protesto ou rompimento com a cultura clássica. Depois de um período de intensas inovações e experimentações, que muitas vezes beiravam a total desconstrução da arte, finalmente – na década de 1980 – a dança contemporânea começou a se definir, desenvolvendo uma linguagem própria. Os movimentos rompem com os movimentos clássicos e os movimentos da dança moderna, modifica o espaço, usando não só o palco como local de referência.
A dança contemporânea é uma explosão de movimentos e criações, o bailarino escreve no tempo e no espaço conforme surgem e ressurgem ideias e emoções. Os temas refletem a sociedade e a cultura nas quais estão inseridos, uma sociedade em mudança, são diversificados, abertos e pressupõem o diálogo entre o dançarino e o público numa interação entre sujeitos comunicativos. O corpo é mais livre, pois é dotado de maior autonomia.
A dança contemporânea é uma circulação de energia: ora explosiva, ora recolhida. A respiração, a alternância da tensão e do relaxamento em Martha Graham, o desequilíbrio e o jogo do corpo com a gravidade em D.Humphrey; E.Decroux faz trabalhar o diálogo da pele e do espaço retornando às origens do movimento.
A dança contemporânea não possui uma técnica única estabelecida, todos os tipos de pessoas podem praticá-la.

]]>
https://blogsmix.com.br/vozinha-e-benedito-cantando-e-dancando/feed/ 0
Benedito, tu manda na tua bunda! https://blogsmix.com.br/benedito-tu-manda-na-tua-bunda/ https://blogsmix.com.br/benedito-tu-manda-na-tua-bunda/#respond Mon, 24 Jul 2017 22:12:52 +0000 http://www.blogsmix.com.br/?p=1820

Blogs Mix – Benedito, tu manda na tua bunda! 😂😂😂

Visite o nosso blog:❤❤❤ https://www.blogsmix.com.br Benedito, tu manda na tua bunda! 😂😂😂Curta-Comente-Compartilhe: 👉👉👉 Tudo & Cia#BlogsMix – Artigo interessante: 👉👉👉 http://bit.ly/2vLNlFkCurta também os nossos parceiros 👇👇👇🚩 https://www.fb.com/naodescodosalto🚩 https://www.fb.com/dicasdemaquiagem/🚩 https://www.fb.com/sosvagasdeempregos🚩 https://www.fb.com/tpmexplosiva

Posted by Tudo & Cia on Saturday, July 22, 2017

A doença de Alzheimer é um distúrbio neurodegenerativo que mostra demência progressiva e é a quarta causa de morte mais comum. Existem marcas patológicas claras da doença, principalmente na forma de placas e emaranhados . As placas são agrupamentos anormais e fragmentos de proteínas, que se acumulam entre as células nervosas. As células nervosas moribundas contêm emaranhados, que são constituídos por outra proteína. Essas placas e emaranhados podem ser o motivo da morte celular e perda de tecidos no cérebro de Alzheimer.

Nosso cérebro tem três partes principais: o cérebro , o cerebelo e o tronco cerebral . O cérebro é o principal conteúdo do nosso crânio. Sua principal função é as áreas de lembrança, resolução de problemas, pensamento, sensação e controle de nossos movimentos. O cerebelo localizado na parte de trás da nossa cabeça, sob o cérebro e controla nossa coordenação e equilíbrio. O tronco cerebral está localizado abaixo do cérebro em frente ao cerebelo. Conecta o cérebro à medula espinhal e controla funções que são automáticas, como respiração, digestão, freqüência cardíaca e pressão sanguínea.

O cérebro é alimentado por redes de vasos sanguíneos constituídos por artérias, veias e capilares. As artérias carregam sangue para alimentar nosso cérebro com cada batimento cardíaco.

A camada exterior única de nosso cérebro é chamada de córtex, que é claramente mapeado de acordo com funções específicas. Entre as principais funções, podemos notar nossa visão, som e cheiro, pensamentos, resolução de problemas, armazenamento de memória e recuperação e controle de certos movimentos.

Nosso cérebro é dividido em dois hemisférios; A metade esquerda controla o lado direito do corpo e a metade direita controla o lado esquerdo. A área de fala e linguagem está no lado esquerdo na maioria das pessoas. O cérebro contém mais de 100 bilhões de neurônios ou células nervosas, que se ramifica e gera conexões em mais de 100 trilhões de pontos de conexão. Os sinais cerebrais estão viajando através da rede de neurônios envolvendo nossas memórias, pensamentos e sentimentos. As células nervosas estão conectadas entre si em sinapses. Uma explosão de produtos químicos chamados de neurotransmissores são liberados nas sinapses quando desencadeadas pela carga elétrica apropriada e, portanto, a “mensagem” é transportada para outras células.

A doença de Alzheimer é responsável pelas destruições desses neurônios e pela interrupção da atividade dos neurotransmissores. Nós também sabemos que a doença de Alzheimer leva a morte de células nervosas e perda de tecido em todo o cérebro. Ao longo do tempo, o cérebro encolhe dramaticamente, afetando quase todas as suas funções. O encolhimento é especialmente grave no hipocampo, que é uma área do córtex que desempenha um papel importante na formação de novas memórias.

Os primeiros sintomas estão na área de aprendizagem e memória, pensamento e planejamento, o que pode interferir no trabalho ou na vida social. Nesta fase, as pessoas podem se confundir e ter problemas para se expressar, organizar e administrar o dinheiro.

À medida que a doença de Alzheimer progride, os indivíduos podem experimentar mudanças na personalidade e comportamento e têm problemas para reconhecer amigos e familiares. Pessoas com Alzheimer podem viver uma média de oito anos. Em certos casos, talvez mais dependa de outras condições de saúde e outros fatores como a genética.

O que causa a doença de Alzheimer?

Supõe-se que a causa é uma sequência complexa de eventos que compõem fatores genéticos, ambientais e de estilo de vida. Não compreendemos a causa exata ou as contribuições desses fatores e isso varia de caso para caso.

Quais ferramentas de diagnóstico estão disponíveis?

Até hoje, não há terapias efetivas para curar, interromper ou retardar a progressão da doença de Alzheimer. Ao mesmo tempo, existem muitas ferramentas de diagnóstico para identificar a doença, como técnicas de imagem não-invasivas para avaliar os aspectos de neuro-anatomia, química, fisiologia e patologia da doença e seu status evolutivo.

Um dos exames populares é o uso da Ressonância Magnética (MRI), principalmente porque permite a visualização das estruturas cerebrais em três dimensões. A Tomografia Computadorizada (CT) é outra ferramenta de visualização utilizada para o diagnóstico e avaliação da demência, especialmente nos casos em estágios iniciais. A análise de Tomografia por Emissão de Positron (PET) mostra atividade cerebral em tempo real associada a funções como: leitura, audição, pensamento e palavras. As áreas de atividade altas são marcadas com vermelho e elas diminuem nas cores à medida que o nível de atividade diminuiu. A PET scan também é usada para detectar alterações no metabolismo cerebral regional. Esta atividade metabólica sobre a atividade é refletida como “manchas vermelhas” em imagens de PET, permitindo que os médicos confirmem o status da área de suspeita de tumor e avaliem se eles se espalharam. Recentemente, Novos dispositivos que combinam multi-modalidades estão sendo desenvolvidos, como a MRI / PET. Esta é uma tecnologia de imagem híbrida que utiliza capacidades morfológicas de tecidos moles de MRI com imagens funcionais de PET, o que é eficaz para a detecção de tumores.

Quais partes do cérebro são afetadas?

Alzheimer eventualmente afeta a maioria das partes do cérebro. No entanto, cada pessoa é afetada de forma diferente à medida que a doença progride. As principais regiões cerebrais afetadas pela doença de Alzheimer são os lobos frontal, temporal e parietal.

O lobo frontal está localizado na frente do cérebro e controla uma série de funções como inteligência, tomada de decisões, resolução de problemas e outras funções mentais e sociais.

O dano a esta área causa diminuição na qualidade de vida e gera problemas graves para que os pacientes cuidem de si mesmos.

O lobo temporal está localizado em ambos os templos e ouvidos e eles são responsáveis ​​pelas memórias longas e curtas. A memória episódica nos ajuda a lembrar eventos como, quando estacionamos nosso carro ou onde estão as chaves da nossa casa. Lembrar de tais eventos requer os processos de armazenamento e recuperação localizados em nosso lobo temporal. A capacidade de aprender está localizada nessas regiões, por isso danos a essas áreas podem levar à perda de memória. Essa perda provoca a incapacidade de registrar novas informações e recuperá-la mais tarde, quando necessário.

A capacidade de falar está localizada por trás do lobo temporal no lobo parietal. Esta região também é responsável pelo sistema visual e permite análises visuais e estímulos. Os danos a esta área podem causar problemas anormais de fala e visual.

A doença de Alzheimer primeiro afeta o hipocampo que está localizado no lobo temporal medial do cérebro. É a área do cérebro em que novas memórias são formadas. Em seguida, ele se move para outras áreas que afetam diferentes funções, como raciocínio ou emoções. O cerebelo eo tronco cerebral são as últimas áreas do cérebro para serem afetadas. Isto é, quando perdemos o controle de funções básicas, como respiração, freqüência cardíaca e pressão sanguínea. Este é o estágio final de Alzheimer que leva à morte.

Quais medicamentos estão disponíveis para tratar a doença de Alzheimer?

Existem quatro medicamentos aprovados pela FDA para tratar a doença de Alzheimer. Donepezil, rivastigmina e galantamina são usados ​​para tratar a doença de Alzheimer leve a moderada e a doença de Alzheimer moderada a grave é tratada pela memantina e também pelo donepezil . Essas drogas estão regulando neurotransmissores. Eles podem ajudar na melhoria da memória, falar e ajudar com certos problemas comportamentais. O problema com estas drogas é que sua eficácia é limitada a certos grupos de pacientes e por um período limitado.

O que sabemos sobre as estatísticas da doença de Alzheimer?

  • Mais de 5 milhões de americanos têm Alzheimer.
  • O número de casos de Alzheimer duplica a cada cinco anos após os 65 anos e o risco é de cerca de 50% após os 85 anos de idade. Cerca de 10% de todos os casos de Alzheimer têm idade aproximada de 30.
  • Mais mulheres do que homens desenvolvem a doença de Alzheimer.
  • A doença de Alzheimer é a sexta causa de morte nos Estados Unidos.
  • Os pagamentos de cuidados são estimados em US $ 200 bilhões nos Estados Unidos em 2012. Estima-se que o custo total da doença de Alzheimer seja de US $ 604 bilhões em todo o mundo.
  • Altos níveis de glicose podem dobrar o nosso risco de vida para desenvolver a doença de Alzheimer.
  • Stroke e Alzheimer compartilham muitos fatores de risco e a probabilidade de demência é duplicada após um acidente vascular cerebral.

Quais são os fatores de risco?

Existem fatores de risco incontroláveis, como genética e envelhecimento, e fatores de risco que podemos controlar, como nossos hábitos de vida.

Os fatores de risco conhecidos e estabelecidos para a doença de Alzheimer são a genética eo envelhecimento; Ambos incontroláveis. Alzheimer em nossa família próxima na maioria dos casos aumentará nossa probabilidade de risco para a doença de Alzheimer. No entanto, mesmo nesses casos, ainda não podemos obter a doença. Portanto, atualmente, não temos soluções, mas presume-se que a adoção de hábitos saudáveis ​​de vida cerebral pode atrasar ou mesmo prevenir a aparição da doença de Alzheimer em certos casos.

O que podemos fazer para reduzir o risco?

Os hábitos saudáveis ​​de vida do cérebro não são apenas manter o ajuste do pescoço para baixo, mas além de realizar determinados exercícios diários. Evidências emergentes recentes sugerem que há certos passos que podemos tomar para ajudar a manter nosso cérebro mais saudável à medida que envelhecemos. Algumas dessas etapas também podem reduzir nosso risco de doença de Alzheimer ou outras demências.

  • Manter o bom fluxo sanguíneo – O exercício físico é essencial para manter o bom fluxo sanguíneo para o cérebro. Isso também é crítico para a geração de novas células cerebrais. Também pode reduzir significativamente o risco de ataque cardíaco, acidente vascular cerebral e diabetes. De acordo com a Fundação de Pesquisa e Prevenção de Alzheimer, este passo pode reduzir o risco em 50%.
  • Dieta com baixo teor de colesterol – Baixa gordura, dieta com baixo teor de colesterol com vegetais escuros e frutas, que contêm antioxidantes, podem ajudar a proteger as células cerebrais. Sabemos que o colesterol alto pode contribuir para acidentes vasculares cerebrais e danos nas células cerebrais.
  • Reduzir o estresse – A atividade social não só torna a atividade física e mental mais agradável, mas também pode reduzir os níveis de estresse, o que ajuda a manter conexões saudáveis ​​entre as células cerebrais. Estudos mostram que quanto mais nos conectarmos, melhor nossa memória e nossa cognição.
  • Dormir bem – A privação noturna do sono pode retardar nosso pensamento e afetar nosso humor. Podemos estar em maior risco de desenvolver sintomas de doença de Alzheimer. A apneia do sono tem sido reconhecida como uma causa de diminuição do estado de alerta diurno, mas estudos recentes sugerem que também pode aumentar o risco de demência.
  • Pare de fumar – O tabagismo aumentará o fator de risco e poderá reduzir a idade do início da doença de Alzheimer em sete anos. Fumar tem um efeito extremamente nocivo sobre o coração, pulmões e sistema vascular, incluindo os vasos sanguíneos no cérebro. Há uma melhora significativa na circulação sanguínea quando os hábitos de fumar são abandonados.
  • Pare de beber álcool – As alterações cerebrais do abuso de álcool só podem ser revertidas nos estágios iniciais. Beber acima dos níveis recomendados de álcool aumenta significativamente o risco de desenvolver demências como a doença de Alzheimer, vasculares e outras demências relacionadas ao álcool.
  • Estimulação das células cerebrais – “Usá-lo ou perder” . Atividades estimulantes mentais, como palavras cruzadas, leitura, aprendizagem e jogos de computador interativos, podem criar novas células nervosas e, ao mesmo tempo, fortalecer as células cerebrais e as conexões entre elas. Acredita-se que o cérebro mentalmente ativo pode lidar melhor com a doença e pode permitir o atraso dos sintomas da demência. Além disso, as pessoas que continuam aprendendo novas coisas são menos propensas a desenvolver a doença de Alzheimer e a demência. A melhor maneira de reduzir o risco é estar envolvida em atividades que requerem interação, comunicação e novas habilidades de aprendizagem.

Existe uma conexão mente-corpo?

Reconhecemos uma forte conexão mente-corpo. Estudos recentes associam espiritualidade com melhor saúde cerebral. Meditação, reza e prática religiosa podem imunizar contra os efeitos nocivos do estresse. Nosso sistema imunológico é construído para nos proteger de muitas ameaças externas; No entanto, ele falha quando a emoção eo estresse estão envolvidos.

Se permitimos que “energia ruim” entre em nosso cérebro, somos inundados por más emoções que podem afetar nosso corpo físico. Este é o poder negativo da crença.

O elo de mente-espírito e corpo é óbvio. Devemos perceber que o poder da crença também pode funcionar contra nós e pode ser uma força destrutiva. Portanto, devemos evitar o negativismo e buscar o positivismo. Acima de tudo, temos que acreditar em nós mesmos.

A força de vontade é uma das principais forças motrizes humanas. Sabemos que há um poder em nossa vontade, como no ditado: “Onde há vontade, há um caminho”.

Essa força de vontade nos ajuda a superar as muitas dificuldades e obstáculos em nossa vida. É um dos principais componentes necessários para o sucesso.

Uma alma saudável exige um corpo saudável, como o latino tem: anima sana no corpore sano e em hebraico: “Nefesh bria beguf bari”.

Sabemos que a mente e o corpo estão conectados. Nossa saúde é fortemente dependente de como lidamos emocionalmente e fisicamente com várias situações e condições. Nosso sistema imunológico é afetado quando sofremos estresse contínuo. As doenças gerais podem ser amplamente relacionadas ao estresse. O estresse nem sempre é negativo. O estresse é uma resposta humana previsível, normal e às vezes desejável. O estresse é ativado em várias circunstâncias, como sentimentos de perigo ou urgência. Nesses casos, o estresse nos protege alertando-nos para o perigo e nos mantendo focados.

Quando o estresse é contínuo e implacável, este é o ponto em que ele começa a ser prejudicial. Pode ter um efeito negativo em termos físicos e psicológicos. Existe um vínculo entre o estresse e a expectativa de vida. A maioria dos pesquisadores acredita que o estresse é um fator importante na redução da expectativa de vida.

O autor, no entanto, acredita que uma certa quantidade de estresse em reação a certas atividades pode ter o efeito oposto. Ambas as extremidades do espectro, ou seja, sem estresse e estresse extenso, são fatores negativos que influenciam nosso caminho e qualidade de vida. Alguns estressos em um ambiente multitarefa, no entanto, podem ter um efeito positivo na nossa expectativa de vida.

Ser ativo em áreas multidisciplinares não só nos dá emoções positivas e satisfação, mas também pode ampliar nossa expectativa de vida.

Esta suposição é parcialmente suportada pelo fato de que diversas atividades significam que ativamos diferentes áreas do cérebro.

A pesquisa mostrou que as emoções negativas, como raiva e infelicidade, têm um impacto significativo nos nossos sistemas nervoso e imunológico e provavelmente são a causa de certas doenças. Por outro lado, as emoções positivas, como a felicidade e a harmonia, são elementos que influenciam positivamente a nossa saúde.

Na neurobiologia, as funções materiais da mente poderiam ser uma representação de certas propriedades mecanicistas do cérebro. O cérebro limita essencialmente a área que gera pensamento consciente durante o sono profundo e reativa-o ao sonhar ou a acordar.

A relação do cérebro com a mente é semelhante à do hardware do computador com o software. Esta analogia da mente como software é debatida por cientistas, que afirmam corretamente que a mente humana possui poderes além de qualquer software artificial.

Futuros estudos e metodologias propostas

São necessárias acumulações de novos bancos de dados (NDB) de pacientes com Alzheimer. NDB também deve conter casos genéticos independentes, acima de 50 anos de idade, com seu histórico detalhado de atividade ou inatividade, durante a última década antes de serem diagnosticados com doença de Alzheimer. Além disso, um banco de dados de imagens de correlação usando MRI / PET deve ser criado.

Devemos nos concentrar na detecção do local específico onde a doença de Alzheimer pode começar. Esta é provavelmente uma área vulnerável específica do cérebro, de onde o dano é espalhado para outras áreas do cérebro.

Nós já sabemos que a doença de Alzheimer afeta primeiro o hipocampo, que é a área onde novas memórias são formadas. Sabemos também que as células de memória ou o circuito que é essencial para gerar e armazenar novas memórias é no córtex entorrinal. O córtex entorrinal é uma área do cérebro localizada no lobo temporal medial. Ele está funcionando como um hub em uma rede de memória e navegação.

O córtex entorrinal é uma das primeiras áreas a serem afetadas na doença de Alzheimer. Seria interessante seguir a suposição de que pessoas com menos ou nenhuma atividade física, especialmente após a idade de 50 anos, tendem a ser mais vulneráveis ​​à doença de Alzheimer do que aqueles que são ativos fisicamente e mentalmente. Conseqüentemente, estudos focados nesta área do cérebro podem levar a uma melhor compreensão do nosso sistema cerebral para melhorar a memória.

A pesquisa futura de genes pode levar a uma melhor compreensão dos mecanismos da doença, o que, esperançosamente, levará ao tratamento preventivo apropriado.

Uma área de pesquisa promissora é o uso de células-tronco para o tratamento da doença de Alzheimer. Existem muitas maneiras de abordar essa opção. Entre as várias possibilidades, podemos sugerir re-crescer partes doentes, curar em vez de substituir neurônios ou usar células-tronco como agentes de entrega de fármacos.

As células-tronco adultas têm um efeito positivo sobre aqueles que já padecem de doença de Alzheimer. No futuro, podem até prevenir a doença.

Artigo relacionado: 6 Frutas Fundamentais para Prevenir e Tratar o Alzheimer

 

]]>
https://blogsmix.com.br/benedito-tu-manda-na-tua-bunda/feed/ 0
O segredo da vida com Alzheimer https://blogsmix.com.br/o-segredo-da-vida-com-alzheimer/ https://blogsmix.com.br/o-segredo-da-vida-com-alzheimer/#respond Mon, 24 Jul 2017 13:47:53 +0000 http://www.blogsmix.com.br/?p=1814

Blogs Mix – O segredo da vida com Alzheimer 😍😍😍

Visite o nosso blog: ❤ ❤ ❤ https://www.blogsmix.com.br O segredo da vida com Alzheimer 😍😍😍Curta-Comente-Compartilhe: 👇 👇 👇👇 👇 👇👇 👇 👇👇 👇 #BlogsMix – Artigo interessante: 👉 👉 👉 http://bit.ly/2vI23gfCurta também os nossos parceiros 👇 👇 👇🚩 https://www.fb.com/naodescodosalto🚩 https://www.fb.com/dicasdemaquiagem/🚩 https://www.fb.com/sosvagasdeempregos🚩 https://www.fb.com/tpmexplosiva

Posted by Tudo & Cia on Monday, July 24, 2017

Como aprender a viver com Alzheimer?

Este artigo é essencialmente dirigido aos familiares e profissionais que lidam e tratam diariamente doentes que padecem de Alzheimer, mas também a todos os que se interessam de certa forma por esta área das doenças degenerativas. Se considerarmos a família numa perspectiva sistémica (vista como um todo), neste contexto a doença de um elemento irá afetar o conjunto, ou seja o agregado familiar, pois estes vão contactar e conviver de perto com a patologia, alterando o funcionamento interno da família, como por exemplo as suas rotinas.

Como comunicar com o doente de Alzheimer?

É normal o doente não encontrar as palavras que precisa para se expressar ou não compreender os termos que ouve.

Como deve reagir:

  • Esteja próximo e olhe bem para o seu doente, directamente nos olhos, quando conversam;
  • Permaneça calmo e quieto. Fale clara e pausadamente;
  • Evite ruídos (rádio, televisão ou conversas próximas);
  • Se for possível, segure na mão do doente ou ponha a sua mão no ombro dele. Demonstre-lhe carinho e apoio.

Vaguear, deambular e andar sem rumo é um perigo. O que fazer para o minimizar?

Andar sem saber para onde e sem objectivo é característico dos doentes de Alzheimer, a partir de uma determinada fase.

Eis algumas sugestões para minimizar esse perigo:

  • O doente deve trazer sempre algo que o identifique, por exemplo, uma pulseira com o nome, morada e telefone;
  • Previna os vizinhos e comerciantes próximos do estado do doente. Estes podem ajudá-lo em qualquer momento caso se perca e peça informações;
  • Em casa, feche as portas de saída para a rua, para evitar que o doente vá para o exterior sem que dê por isso;
  • Tenha uma fotografia actualizada do doente, para o caso deste se perder e precisar de pedir informações;
  • Se o doente quiser sair de casa, não deve impedi-lo de o fazer. É preferível acompanhá-lo ou vigiá-lo à distância e, depois, distraí-lo e convencê-lo a voltar a casa;

Como ajudar a manter a higiene do doente?

É normal o doente deixar de reconhecer a necessidade e  a importância de tomar banho, de lavar os dentes, etc. Em suma, recusar cuidar da sua higiene pessoal e da sua higiene oral.

  • Se for possível, aguarde um pouco, pode ser que mude de disposição;
  • Simplifique a tarefa: tenha sempre em ordem as coisas que são necessárias, como sabonete, toalhas, etc.;
  • Se o banho é de imersão, verifique a temperatura da água;
  • Instale pegas e tapetes que evitem escorregar dentro e fora da banheira. Há bancos e cadeiras adaptáveis à banheira, assim como outros dispositivos de apoio e ajuda que podem ser muito úteis;
  • Se o doente preferir tomar duche, deixe-o. O melhor é procurar manter a rotina a que a pessoa estava habituada;
  • Se o doente recusar mesmo tomar banho, então tente a lavagem parcial;

Como ajudar o doente a vestir-se?

A certa altura o doente vai ficar embaraçado sobre o que vestir ou, eventualmente, recusar-se a vestir.

Para o ajudar:

  • Simplifique o mais possível a roupa a usar;
  • Evite laços, botões, fechos de correr (substitua-os por velcro), sapatos com atacadores, etc;
  • Prepare as peças de roupa pela ordem que devem ser vestidas;
  • Procure que a pessoa se conserve bem vestida e elogie o seu bom aspecto;
  • Enquanto o doente tiver autonomia, deixe-o actuar conforme ainda pode.

Como ajudar o doente a alimentar-se?

  • Sente o doente com o tronco bem direito e a cabeça firme;
  • Se necessário, ponha-lhe um grande guardanapo só para comer;
  • Dê-lhe tempo para comer tranquilamente e não o contrarie se ele quiser comer à mão;
  • Dê-lhe bocados pequenos de alimentos sólidos; por vezes, o doente poderá preferir alimentos passados ou batidos;
  • Faça-o mastigar bem e assegure-se de que a boca permanece fechada durante a mastigação e a deglutição;

Aos familiares e pessoas próximas que prestam cuidados aos pacientes com Alzheimer:

É extremamente difícil cuidar de um doente de Alzheimer. Tem de acompanhar o doente ao longo do tempo, viver um dia-a-dia que se torna progressivamente mais difícil e experimentar sentimentos diversos, muitos deles negativos.

É normal que sinta tristeza pela sensação de que gradualmente vai perdendo alguém que lhe é muito querido.

Sentirá também frustração, pois tem a consciência de que todos os seus cuidados, atenção e carinho não impedem a progressão da doença.

Vai sentir culpa, pela falta de paciência que por vezes tem, pelo sentimento de revolta em relação ao próprio doente, pela situação que vive e por poder admitir a hipótese de procurar um lar.

Poderá também sentir solidão, pelo afastamento gradual da família e dos amigos, pela impossibilidade de deixar o doente, pela falta de convívio.

Todos esses sentimentos negativos não significam que não seja um bom prestador de cuidados e de apoio, mas são apenas reacções humanas.

Em Portugal existe a Associação Portuguesa de Familiares e Amigos de Doentes de Alzheimer que apoia e esclarece dúvidas adicionais relacionadas com esta doença.

]]>
https://blogsmix.com.br/o-segredo-da-vida-com-alzheimer/feed/ 0